Ao continuar a utilizar este site, concorda com os cookies utilizados, por exemplo, para melhorar a sua experiência de navegação e para personalizar o conteúdo do site. Para obter mais informações e/ou para alterar as suas definições atuais de cookies, consulte a nossa Política de Cookies

Programas de segurança aérea

Os programas de segurança aérea são desenvolvidos pelas autoridades governamentais, em colaboração com as transportadoras aéreas, para garantir a segurança das viagens aéreas usando sistemas de controlo e listas de vigilância. Em consequência, as pessoas que possam representar uma ameaça são identificadas de modo a que possam ser tomadas medidas para evitar potenciais riscos.

O Programa de Proteção de Passageiros (PPP) constitui um programa canadiano de segurança aérea que impede o embarque de indivíduos que possam constituir uma ameaça à segurança aérea ou que possam deslocar-se por via aérea para cometer um ato terrorista.

Os passageiros que viajem para, do e no Canadá são procurados na lista SATA (Secure Air Travel Act), habitualmente referida como a "lista no fly" do Canadá. Se for sinalizado um indivíduo constante da lista, poderá ser exigido que seja sujeito a controlo adicional ou ser-lhe recusado o embarque. Para obter mais informações, visite o Web site da Segurança Pública do Canadá Será aberta noutra janela do navegador.

O Programa Secure Flight constitui um programa da Administração para a Segurança dos Transportes (TSA) dos EUA que é aplicável a voos para, de e que sobrevoem o país. O objetivo deste programa é o de melhorar a segurança das viagens aéreas domésticas e internacionais através da recolha de informações específicas dos passageiros, para comparação com as listas de vigilância de segurança dos Estados Unidos. Para mais informações, visite o Web site da Administração para a Segurança dos Transportes Será aberta noutra janela do navegador.

  • Número de retificação Será aberta noutra janela do navegador: Um número de retificação constitui um número exclusivo fornecido pelo Programa de Consultas de Retificação para Viajantes do Departamento de Segurança Interna (DHS TRIP) a indivíduos que procuraram resolução para as dificuldades que encontraram durante o controlo de segurança, incluindo problemas com listas de vigilância.


Submissão do seu CTN e/ou Número de Retificação

Como parte destes programas, os passageiros que efetuem a reserva de um voo deverão fornecer informações específicas à transportadora aérea, incluindo o seu nome completo, data de nascimento e género. Os passageiros que tenham recebido um CTN ou Número de Retificação são encorajados a fornecer estas informações para facilitar o processo de controlo.

Como de momento o nosso sistema de reservas não é capaz de lidar com CTN ou números de retificação, estas informações têm de ser fornecidas separadamente do processo de reserva.

O respeito pela privacidade dos passageiros é da maior importância para a Air Transat. Além disso, os dados pessoais serão recolhidos de acordo com as necessidades, utilizados, distribuídos, armazenados e eliminados de acordo com diretrizes rigorosas e com toda a legislação e regulamentos de privacidade aplicáveis. Consulte a nossa Política de privacidade completa.

Esta página foi útil? Não é necessário iniciar sessão

Click to vote "yes".

Click to vote "no".

0 0
Motivo: