Ao continuar a utilizar este site, concorda com os cookies utilizados, por exemplo, para melhorar a sua experiência de navegação e para personalizar o conteúdo do site. Para obter mais informações e/ou para alterar as suas definições atuais de cookies, consulte a nossa Política de Cookies

1 active alert.
15 de agosto, 2019 14:38 -

Due to safety concerns raised by the European Union Aviation Safety Agency (EASA) and the Federal Aviation Administration (FAA), 15-inch MacBook Pro laptop (manufactured by Apple Inc. between September 2015 and February 2017) are strictly forbidden in cabin and in checked baggage. Apple has determined that the battery on these laptops may overheat and pose a fire safety risk.

Thank you for your cooperation.

Animais de estimação - Cães de serviço

Estamos sempre a tentar inovar, oferecendo mais serviços aos nossos passageiros para os ajudar a desfrutar das suas férias. Seja na cabine ou no porão de carga de bagagens, ajudamos a transportar os animais de forma confortável e segura, aumentando assim a tranquilidade dos passageiros.

Animais de estimação: Só são permitidos cães e gatos para transporte. Não são aceites quaisquer outros animas nos voos da Air Transat.

Cães de serviço certificados e de estimação: quando acompanhados de certificação e documentação e no caso de viajarem com uma pessoa com necessidades especiais, os cães de serviço certificados e de estimação são bem-vindos na cabina de passageiros das nossas aeronaves. Clique aqui para mais detalhes.

Selecione as informações específicas que gostaria de obter sobre o transporte de animais de estimação no porão de carga de bagagens:
 
Reservas antecipadas

Quando viajar com o seu cão ou gato, reserve o espaço deles com, pelo menos, 72 horas de antecedência em relação à partida. Isto assegura que o número máximo de animais de estimação por aeronave não é excedido. Os passageiros que não efetuem a reserva antecipada podem ver negada a autorização de transporte do animal.

No aeroporto

Apresente o seu animal de estimação na caixa de transporte ao nosso balcão de check-in, no máximo até 90 minutos antes da partida. O transporte poderá ser recusado a animais apresentados no nosso balcão de check-in após esse limite de tempo;

Antes da partida, iremos confirmar se o seu animal de estimação foi colocado no porão e, à chegada, iremos informá-lo onde o seu animal de estimação será entregue;

Em caso de atraso, a Air Transat envidará todos os esforços para lhe restituir o seu animal de estimação.


Cada país possui requisitos específicos para aceitação de animais, incluindo documentação, restrições impostas a determinadas raças e taxas e condições para aceitação. Consulte as autoridades locais antes da partida.

Tem de ter, pelo menos, 16 anos para viajar com um animal. Tem de ter um certificado sanitário indicando a raça do seu animal de estimação e uma prova de vacinação contra a raiva. Também tem de trazer quaisquer documentos de entrada e agrícolas adicionais exigidos pelo país de destino.

Restrições
  • Só são permitidos gatos e cães na cabine.
  • Este serviço não é disponibilizado em voos de ligação ou de codeshare.

É recusada a entrada de determinadas raças de cães em alguns países ou regiões. Assim, não poderemos transportar as seguintes raças de cães ou raças mistas, incluindo uma ou mais das raças seguintes:

  • Mastins: argentino (Dogue Argentino), Bandog (Bandogge), sul-africano (Boerboel), brasileiro (Fila brasileiro), italiano (Cane Corso, Napolitano), Mastim das Canárias (Presa Canario), Mastim japonês (Tosa Inu)
  • Pit Bulls: todas as raças, incluindo Bully americano, Pit Bull Terrier americano, Staffordshire Terrier americano, Staffordshire Bull Terrier
  • Akita (Akita Inu)
  • Ovcharka caucasiano (pastor caucasiano)
  • Karabash Dog (Kangal/Pastor da Anatólia)
  • Rottweiler
  • Híbridos cão-lobo
  • Doberman Pinscher
As seguintes raças estão isentas das restrições acima e serão aceites para transporte:
  • Todas as restantes raças Mastim, não especificadas acima, tais como Bulmastife e Mastim Francês (Dogue de Bordeaux).

Os cães e gatos braquicefálicos (com focinho achatado) serão aceites para transporte. Contudo, devido ao elevado risco de complicações respiratórias, é obrigatório o cumprimento dos seguintes requisitos de transporte:

  • O animal tem de viajar numa caixa de transporte um tamanho acima do critério habitual.
  • Devem existir entradas de ventilação dos quatro lados da caixa de transporte.
  • Recomenda-se que seja feita uma adaptação do animal de estimação à caixa de transporte o máximo de tempo possível, antes da partida.
  • A saúde do seu animal é da sua exclusiva responsabilidade.

Consulte a lista de raças de gatos e cães braquicefálicos.

Se essas condições não forem cumpridas, o transporte do animal de estimação poderá ser recusado.
 

Tenha igualmente em atenção as seguintes restrições específicas de cada país ao viajar com animais de estimação:

Para a Jamaica: Não são aceites animais em voos para a Jamaica.

De/ Santa Lucia, a República da Irlanda e para o Reino Unido: Nos voos da Air Transat, cães e gatos viajam apenas como carga; é necessário efetuar preparativos com antecedência e são aplicáveis taxas adicionais.
Exceções:

  • São aceites cães de serviço certificados e de estimação em voos para Londres.
  • São aceites cães de serviço certificados em voos para Manchester, Dublin e Glasgow

Para o México: Estão em vigor regulamentos rigorosos. Os donos devem ter em sua posse certificados de saúde específicos emitidos dentro de um certo período de tempo antes da viagem. A não apresentação de documentos válidos resultará na quarentena do animal à chegada e em custos adicionais para inspeção veterinária. A informação completa encontra-se disponível no Web site do Servicio Nacional de Sanidad, Inocuidad y Calidad Agroalimentaria (apenas disponível em espanhol).

Para a Portugal: É obrigatório efetuar preparativos com antecedência para todos os cães e gatos (incluindo cães-guias) que entram em Portugal provenientes de fora da União Europeia. Clique aqui Será aberta noutra janela do navegador. para obter mais informações.

Para St. Maarten: É necessário um pedido de entrada antecipado que pode ser solicitado através do endereço de e-mail lvv@sintmaartengov.org, no mínimo cinco (5) dias antes da data prevista de chegada.  Para mais informações, contacte o Departamento de Inspeção TEZVT - Agricultura, gado e pescas. Tel: +1 (721) 542-5641, +1 (721) 542-9887 (O) / +1 (721) 520-7213 (M).


As caixas de transporte de maiores dimensões devem ser expedidas através do Departamento de carga da Air Transat, sendo necessário efetuar preparativos antecipadamente. O peso máximo do animal e da respetiva caixa de transporte é 32 kg. Se o animal e a caixa de transporte excederem este peso, contacte-nos a fim de verificar a sua aceitação.

  • O animal deve ser colocado numa caixa de transporte aprovada para transporte aéreo (regulamentos IATA) e que ostente o nome do animal.
  • É obrigatória a utilização de uma caixa de transporte em plástico rígido. As caixas de transporte fabricadas em rede metálica ou em quaisquer outros materiais não serão aceites (é aceitável uma porta em rede metálica).
  • Todas as portas da caixa de transporte devem estar seguras com um mecanismo de bloqueio para evitar a abertura (*ver informações adicionais abaixo).
  • Peso máximo aceite no check-in: 45 kg (99 lbs), (incluindo a caixa de transporte).
  • Tamanho máximo da caixa de transporte aceite: para o sul, para os EUA e em voos dentro do Canadá: 81,3 x 123 122 x 90,2 84 cm / 32 x 48,5 48 x 35,5 33 polegadas (P x C x A) ou para a Europa e para o Reino Unido: 122 cm x 81,3 cm x 89 cm (48 polegadas x 32 polegadas x 35 polegadas) no check-in; as caixas de transporte de maiores dimensões têm de ser expedidas através do Departamento de carga da Air Transat, sendo necessário efetuar preparativos antecipadamente.
  • A caixa de transporte deve proporcionar espaço suficiente para que o animal possa permanecer de pé com as patas esticadas, dar a volta e deitar-se. Para conforto e segurança do animal, as caixa de transporte que não cumprirem os requisitos acima descritos não serão aceites para transporte do animal.

A tabela seguinte mostra o guia para a seleção da caixa de transporte correta para o animal:

Voar com animais de companhia na Air Transat
Fonte: www.iata.org


A = comprimento do animal do nariz à base da cauda.
B = altura desde o chão até à articulação do cotovelo. A + 1/2 B = comprimento do contentor.
C = largura entre as espáduas. C x 2 = largura do contentor.
D = altura do contentor (topo liso ou em arco)/altura do animal em pé.

  • Nenhum animal com idade inferior a 12 semanas pode viajar sozinho.
    Exceções: Uma cadela com cachorrinhos ou uma gata com gatinhos entre as 6 e as 12 semanas de idade ou até 3 cachorrinhos ou gatinhos da mesma ninhada entre as 12 semanas e os 6 meses. A caixa de transporte deve ser suficiente grande para alojar todos os animais e respeitar os requisitos de conforto acima delineados.

*Para segurança do seu animal, a Air Transat poderá aplicar correias de retenção suplementares na caixa de transporte do seu animal (sem custos), o que ajuda a garantir a segurança do seu cão ou gato durante a viagem. Após a saída da zona de bagagem no destino, necessitará de um instrumento afiado para cortar as correias da caixa de transporte. Tenha em atenção que as restrições de segurança impedem que o pessoal de terra lhe forneça este instrumento. Recomendamos que o instrumento de corte seja embalado juntamente com a sua bagagem registada, pois não será permitido o seu transporte na bagagem de cabina em qualquer posto de controlo de segurança.

As tarifas e taxas apresentadas aplicam-se apenas a animais transportados no porão de carga. Os animais de serviço em trabalho na cabina dos passageiros viajam gratuitamente. Em aeroportos fora do Canadá, os montantes reais podem variar e serão cobrados na moeda utilizada no aeroporto de partida.

De e para a Europa: CAD $275 cada ida ou volta, por animal

De e para destinos do sul e Estados Unidos: CAD $150 cada ida ou volta, por animal

Voos domésticos no Canadá: CAD $75 cada ida ou volta, por animal

As taxas devem ser pagas no momento em que efetua a reserva para o(s) seu(s) animal(is).

À entrada no Canadá: Será requerida uma taxa de CAD $30 (mais imposto, por animal) para inspeção pelo Departamento de Agricultura do Canadá. As chegadas com origem nos Estados Unidos estão isentas.

*As taxas de carga são diferentes das taxas acima.


Após o pagamento das taxas associadas à reserva para o seu animal, a Air Transat reservará um espaço no(s) voo(s) selecionado(s). Os passageiros devem notificar a Air Transat acerca de quaisquer alterações ao itinerário. As alterações ao itinerário de viagem do animal serão aceites até 3 dias antes da partida sem qualquer penalização. Os cancelamentos do itinerário de viagem do animal serão aceites até 30 dias antes da partida. Em caso de cancelamento como indicado na presente cláusula, a responsabilidade da Air Transat está limitada ao reembolso dos custos incorridos apenas por esse serviço.


A Air Transat está empenhada em ter um papel de liderança no que diz respeito à proteção e melhoria do bem-estar global dos animais. Nas nossas operações aéreas e de carga, a Air Transat compromete-se a:
 
  • Proibir o transporte de:
    - Troféus de caça dos cinco principais animais de África (leão, leopardo, elefante, rinoceronte, búfalo do cabo)
    - Espécies ameaçadas e produtos relacionados com estas, exceto se transportado ao abrigo de uma licença CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção)
    - Comércio insustentável de fauna e flora, incluindo as partes do corpo (ex., barbatanas de tubarão)
    - Animais destinados a estudos laboratoriais e/ou experiências científicas, como por exemplo, primatas não humanos e cães

  • Cumprir com toda legislação relativa a espécies protegidas e agir em conformidade com a Resolução da IATA (Associação do Transporte Aéreo Internacional) relativa ao comércio ilegal da fauna e da flora selvagens, incluindo a Declaração do Palácio de Buckingham da United for Wildlife

  • Transportar animais de acordo com regulamentação da IATA relativa ao transporte de animais vivos

  • Apoiar grupos de defesa do bem-estar dos animais que trabalham em prol do tratamento humano dos animais em destinos turísticos através do transporte de equipamento, material de assistência veterinária e animais resgatados.


 

Selecione as informações específicas que gostaria de obter sobre o transporte de animais de estimação na cabine:
 
Reservas antecipadas

Quando viajar com o seu cão ou gato, reserve o espaço deles com, pelo menos, 72 horas de antecedência em relação à partida. Isto assegura que o número máximo de animais de estimação por aeronave não é excedido. Os passageiros que não efetuem a reserva antecipada podem ver negada a autorização de transporte do animal.

Horário do check-in

Todos os animais devem estar preparados, dentro das respetivas caixas de transporte, e ser apresentados nos balcões de check-in da Air Transat, pelo menos, 90 minutos antes da hora de partida. Os animais apresentados após esse tempo poderão ter o seu transporte negado.

 
Documentation

No dia do voo, os passageiros deverão imprimir e trazer a confirmação da sua reserva para o animal na cabine, enviada por e-mail após a aquisição do serviço. Este documento deverá ser apresentado ao agente no balcão de check-in, podendo ser solicitado pelo agente na porta de embarque e pela tripulação de bordo. Além disso, para perguntas relativas à documentação de entrada de um animal num país, solicitamos que os passageiros contactem o consulado ou embaixada desse país.

 
Restrições
  • Só são permitidos gatos e cães na cabine.
  • Só é permitido um animal por passageiro. É por isso vivamente recomendado que os passageiros reservem este serviço antecipadamente.
  • Os passageiros não podem transportar uma peça de bagagem além do animal na cabine. A caixa de transporte do animal conta como uma peça de bagagem.
  • Um passageiro com um animal de estimação na cabine não pode ocupar um lugar na Classe Club, na saída de emergência ou os lugares virados para as paredes interiores.
  • Além disso, os menores não acompanhados e os passageiros que viajem com equipamento médico não podem trazer um animal na cabine.
  • Cada país possui requisitos específicos para aceitação de animais, incluindo documentação, restrições impostas a determinadas raças e taxas e condições para aceitação. Consulte as autoridades locais antes da partida.
  • Este serviço não é disponibilizado em voos de ligação ou de codeshare.
  • Em caso de alergias, uma distância mínima de 5 linhas deve separar o passageiro alérgico aos cães e / ou gatos do passageiro que viaje com o animal na cabine. Se uma distância menor separar os dois, o passageiro que viajar com o animal na cabine terá que trocar de lugar para cumprir a regra.
  • O animal tem de ter pelo menos 12 semanas de idade e estar totalmente desmamado.
  • O animal deve permanecer na sua caixa, arrumado sob o assento em frente ao passageiro, durante todo o voo.
  • O passageiro deve chegar com o animal pelo menos 90 minutos antes da hora marcada para a partida do voo.
  • Os animais que pareçam agressivos, indisciplinados, doentes ou agitados poderão ser recusados. Essa decisão fica ao critério do pessoal da Air Transat no aeroporto.

Se essas condições não forem cumpridas, o transporte do animal de estimação poderá ser recusado. As tarifas não são reembolsáveis.

 

A Air Transat não transporta cães de raça Pit Bull. Além disso, é proibida a entrada de determinadas raças de cães em alguns países ou regiões. Por esta razão, não nos é possível transportar as seguintes raças de cães:

  • Mastins: argentino (Dogue Argentino), Bandog (Bandogge), sul-africano (Boerboel), brasileiro (Fila brasileiro), italiano (Cane Corso, Napolitano), Mastim das Canárias (Presa Canario), Mastim japonês (Tosa Inu)
  • Pit Bulls: todas as raças, incluindo Bully americano, Pit Bull Terrier americano, Staffordshire Terrier americano, Staffordshire Bull Terrier
  • Akita (Akita Inu)
  • Ovcharka caucasiano (pastor caucasiano)
  • Rottweiler
  • Híbridos cão-lobo
  • Doberman Pinscher

Tenha igualmente em atenção as seguintes restrições específicas de cada país ao viajar com animais de estimação:

Para a Jamaica: Não são aceites animais em voos para a Jamaica.

Para Santa Lucia, a República da Irlanda e para o Reino Unido: Nos voos da Air Transat, cães e gatos viajam apenas como carga; é necessário efetuar preparativos com antecedência e são aplicáveis taxas adicionais.
Exceções:

  • São aceites cães de serviço certificados e de estimação em voos para Londres.
  • São aceites cães de serviço certificados em voos para Manchester, Dublin e Glasgow

Para o México: Estão em vigor regulamentos rigorosos. Os donos devem ter em sua posse certificados de saúde específicos emitidos dentro de um certo período de tempo antes da viagem. A não apresentação de documentos válidos resultará na quarentena do animal à chegada e em custos adicionais para inspeção veterinária. A informação completa encontra-se disponível no Web site do Servicio Nacional de Sanidad, Inocuidad y Calidad Agroalimentaria (apenas disponível em espanhol).

Para a Portugal: É obrigatório efetuar preparativos com antecedência para todos os cães e gatos (incluindo cães-guias) que entram em Portugal provenientes de fora da União Europeia. Clique aqui Será aberta noutra janela do navegador. para obter mais informações.

Para St. Maarten: É necessário um pedido de entrada antecipado que pode ser solicitado através do endereço de e-mail lvv@sintmaartengov.org, no mínimo cinco (5) dias antes da data prevista de chegada.  Para mais informações, contacte o Departamento de Inspeção TEZVT - Agricultura, gado e pescas. Tel: +1 (721) 542-5641, +1 (721) 542-9887 (O) / +1 (721) 520-7213 (M).

 

Os passageiros deverão colocar a caixa de transporte do animal debaixo do assento da frente. Em resultado, as dimensões da caixa não deverão exceder 21,5 (altura) x 40 (largura) x 45 (comprimento) cm (8,5 x 16 x 17,5 pol).

A caixa deverá ser estanque, bem ventilada e com lados macios. Não são permitidas caixas com lados rígidos nem qualquer tipo de saco.

A caixa de transporte deverá ser suficientemente grande para permitir que o animal se ponha de pé, se vire ou se deite com conforto e segurança. Nenhuma parte do animal poderá prolongar-se para fora da caixa de transporte durante o voo. Se a caixa for demasiado pequena, o transporte do animal poderá ser recusado.

Se essas condições não forem cumpridas, o transporte do animal de estimação poderá ser recusado. As tarifas não são reembolsáveis.

As tarifas e taxas apresentadas aplicam-se apenas a animais transportados no porão na cabina. Os animais de serviço em trabalho na cabina dos passageiros viajam gratuitamente. Em aeroportos fora do Canadá, os montantes reais podem variar e serão cobrados na moeda utilizada no aeroporto de partida.

De e para a Europa: €72 cada ida ou volta, por animal.

De e para destinos do sul e Estados Unidos: €40 cada ida ou volta, por animal.

Voos domésticos no Canadá: €40 cada ida ou volta, por animal

As taxas devem ser pagas no momento em que efetua a reserva para o(s) seu(s) animal(is).

À entrada no Canadá: Será requerida uma taxa de CAD $30 (mais imposto, por animal) para inspeção pelo Departamento de Agricultura do Canadá. As chegadas com origem nos Estados Unidos estão isentas.

Vale a pena destacar que as reservas podem ser canceladas e reembolsadas até 30 dias antes da data do voo e podem ser modificadas até 3 dias antes do voo. Depois disso, o preço não é reembolsável.


Após o pagamento das taxas associadas à reserva para o seu animal, a Air Transat reservará um espaço no(s) voo(s) selecionado(s). Os passageiros devem notificar a Air Transat acerca de quaisquer alterações ao itinerário. As alterações ao itinerário de viagem do animal serão aceites até 3 dias antes da partida sem qualquer penalização. Os cancelamentos do itinerário de viagem do animal serão aceites até 30 dias antes da partida. Em caso de cancelamento como indicado na presente cláusula, a responsabilidade da Air Transat está limitada ao reembolso dos custos incorridos apenas por esse serviço.


A Air Transat está empenhada em ter um papel de liderança no que diz respeito à proteção e melhoria do bem-estar global dos animais. Nas nossas operações aéreas e de carga, a Air Transat compromete-se a:
 
  • Proibir o transporte de:
    - Troféus de caça dos cinco principais animais de África (leão, leopardo, elefante, rinoceronte, búfalo do cabo)
    - Espécies ameaçadas e produtos relacionados com estas, exceto se transportado ao abrigo de uma licença CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção)
    - Comércio insustentável de fauna e flora, incluindo as partes do corpo (ex., barbatanas de tubarão)
    - Animais destinados a estudos laboratoriais e/ou experiências científicas, como por exemplo, primatas não humanos e cães

  • Cumprir com toda legislação relativa a espécies protegidas e agir em conformidade com a Resolução da IATA (Associação do Transporte Aéreo Internacional) relativa ao comércio ilegal da fauna e da flora selvagens, incluindo a Declaração do Palácio de Buckingham da United for Wildlife

  • Transportar animais de acordo com regulamentação da IATA relativa ao transporte de animais vivos

  • Apoiar grupos de defesa do bem-estar dos animais que trabalham em prol do tratamento humano dos animais em destinos turísticos através do transporte de equipamento, material de assistência veterinária e animais resgatados.


 

Sugestões de viagem

  • Para os animais que viajem no porão de carga de bagagens, não deverão ser colocados contentores de água ou comida na caixa de transporte, a menos que se trate de um contentor de água estanque, fixado com firmeza à caixa.
  • Sugerimos aos donos que coloquem um objeto familiar na caixa de transporte, como, por exemplo, uma manta ou um brinquedo, para tranquilizar o animal durante o voo.
  • Os regulamentos da IATA indicam que não é recomendável que os animais mais idosos viajem de avião devido aos efeitos relacionados com o stress. A Air Transat não será responsável por problemas devidos a efeitos relacionados com o stress em animais mais idosos. (Consulte o seu médico veterinário).
  • O Departamento de Agricultura do Canadá e a IATA não recomendam a ministração de tranquilizantes aos animais que vão viajar. Se está a pensar fazê-lo, consulte o seu médico veterinário.
Esta página foi útil? Não é necessário iniciar sessão

Click to vote "yes".

Click to vote "no".

0 0
Motivo: